CONTAGEM DE HIDRATOS DE CARBONO VS NUTRIÇÃO

HIDRATOS DE CARBONO (HC) E DIABETES TIPO 2

Os hidratos de carbono (HC) fazem parte de alguns alimentos que o nosso organismo necessita diariamente. 

Durante a digestão, quase todos os hidratos de carbono se transformam em glucose, que deverá posteriormente ser utilizada para fornecer energia às células do nosso organismo.  

Para distribuir a energia ao longo do dia e para que os níveis de glucose no sangue (glicemia) não aumentem ou baixem demasiado, os alimentos com HC devem ser repartidos por 6 ou 7 refeições ao longo do dia, em quantidades moderadas de cada vez.
 

Uma vez que os hidratos de carbono (HC) são os principais responsáveis pelo aumento da glicemia, a quantidade de HC em cada refeição é um dos fatores que mais influencia as glicemias após as refeições.

A contagem de hidratos de carbono ingeridos a cada refeição é uma das estratégias que se pode utilizar para melhorar o controlo das glicemias. 

COMO FAZER E PARA QUÊ?

Para as pessoas com Diabetes Tipo 2 tratadas com medicamentos orais ou insulina com doses fixas, a contagem de hidratos de carbono tem o seguinte objectivo:

  • saber variar o tipo de alimentos, mantendo a quantidade de hidratos de carbono planeada para cada refeição.

A contagem de HC tem 3 passos fundamentais:

  1. Identificar os alimentos que têm hidratos de carbono (porque são os que influenciam a glicemia após as refeições).
     

  2. Saber utilizar a tabela de equivalentes para hidratos de carbono. Nessa tabela, os alimentos agrupam-se de forma a que cada dose corresponde a 1 porção ou 1 equivalente de HC (disponível na sua consulta de diabetes).              
    Consultar a tabela de equivalentes ajuda a contar e somar a quantidade  de HC em cada refeição.
     

  3. Saber como trocar os alimentos no seu plano alimentar (ex: trocar arroz pela massa), mantendo a quantidade (em nº de porções) de HC prevista para essa refeição. 
     

ALIMENTOS RICOS EM HC

(para repartir pelas refeições, em quantidades moderadas de cada vez)

Para além da quantidade de HC, também o tipo de hidratos de carbono influencia a forma como a glicemia se altera após a refeição. Prefira mais vezes os alimentos com HC de digestão lenta ou intermédia (feijão, grão, ervilhas, favas, lentilhas, massa, arroz, pão integral e de mistura, iogurte, leite). Fruta: 2 a 3 por dia, de preferência com casca.
 

Estes são aspectos fundamentais para o controlo das glicemias, embora não devam ser esquecidas as bases que contribuem para uma alimentação mais saudável, recomendada também para as pessoas com diabetes.
 

CONSELHOS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL

  • faça intervalos de 2 a 3 horas entre as refeições e não esteja mais de 8 horas em jejum durante a noite.
     

  • inicie as refeições principais com sopa de legumes e inclua sempre vegetais no prato principal.
     

  • para o bom controlo das glicemias, respeite a quantidade de alimentos com hidratos de carbono estipulada para cada refeição.
     

  • coma peixe ou carne com moderação. De carne prefira as magras (frango, peru, coelho, porco magro) e retire sempre as gorduras visíveis e pele das aves. 
     

  • reduza o consumo de alimentos ricos em gordura, como: carne gorda, enchidos, fritos, queijo gordo, natas, pasteis folhados e outros salgados.
     

  • para cozinhar e temperar, prefira o azeite com moderação.
     

  • reduza o sal: para temperar prefira ervas aromáticas e especiarias e reduza os alimentos salgados (ex: caldos de carne, fumados, enchidos, aperitivos, conservas, queijo curado, …)
     

  • desaconselham-se os alimentos ricos em açúcar, como: refrigerantes,  compotas, mel, bolos, chocolates, entre outros.
     

  • beba no mínimo 1,5l de água /dia

Nota: A informação contida nesta página é complementar das recomendações fornecidas pelos profissionais de saúde e em nenhuma situação as substitui.

2021_hidratos-1.jpg
Clique nas capas para saber mais sobre a Diabetes
2021_diabetes-1.jpg
2021_diabetesT1-1.jpg
2021_diabetesT2-1.jpg
2021_adocantes-1.jpg
2021_gravidez-1.jpg
2021_hba1c-1.jpg
2021_hipoglicemia-1.jpg
2021_hidratos-1.jpg
2021_autocontrolo-1.jpg
2021_olhos-1.jpg
2021_cetonemia-1.jpg
2021_disfuncao-1.jpg
2021_pes-1.jpg